Só quero saber do que pode dar certo!

Como diz a letra da canção: “Só quero saber do que pode dar certo, não tenho tempo a perder!” Este é o clima de hoje.

Na última quarta-feira dei um dos meus últimos plantões no Juizado Especial Cível de Santos antes do meu filho nascer, semana que vem tem mais. O fato é que com essa greve do Judiciário Paulista, que já dura 115 dias (saiba mais aqui: http://pud.im/greve), conciliar se faz mais do que necessário, é urgente e imprencindível.  Saí de lá com a sensação de dever cumprido depois de ter colaborado para mais de 60% dos acordos celebrados naquele dia.

No mais decidi que vou tirar licença maternidade, ou pelo menos vou tentar. Afinal, folga é artigo de luxo para uma advogada que trabalha  por conta própria. Vou acompanhar os processos que estão em andamento com uma certa distância e pretendo me afastar dos convênios por pelo menos 4 ou 5  meses. O que importa pra mim é que, até agora, fiz a minha parte.

Semana passada foi Dia do Advogado. Fiquei meio introspectiva este ano. Não fui ao Baile da OAB como o de costume, só pensei. Pensei muito nas escolhas que fiz e que continuo fazendo na minha carreira que ano que vem completa dez anos. Escolhi não ser “advogada do diabo”, escolhi  o meu próprio caminho, escolhi ajudar o próximo e a crescer com isso, escolhi lutar por causas que para muitos ainda nem causas são. E talvez por isso não tenha ganho muito dinheiro até hoje.

Agradeço demais ao meu marido, que me compreende, que apóia as razões que me levaram a ser a profissional que sou hoje. Acho que por isso faço questão de ser uma boa esposa, boa amiga, boa namorada, boa mãe. Não porque me preocupe com o que a massa pensa de mim mas sim como forma de retribuição à vida que colocou este companheiro no meu caminho. 

Quero cuidar do meu filho com calma. Uma calma que às vezes me falta agora. Estou na reta final da gestação e pela minha cabeça passam mil coisas, tudo tão diferente da primeira gravidez …

Quero ter serenidade para lidar com as emoções afloradas da minha filha que mesmo sem querer se preocupa comigo e às vezes demonstra seu amor de um modo desajeitado.

 Quero agora, mais do que nunca, ser mãe e ter tempo de exercer a maternidade em toda sua plenitude.

Que Deus me ajude e que Nossa Senhora do Bom Parto me proteja.

Amém. 

Anúncios

2 comentários sobre “Só quero saber do que pode dar certo!

  1. Obrigada Ivana!
    Sempre que posso tomo uma xícara do seu “Xad”, seja bem vinda ao Caderno, apareça sempre que quizer!
    Abraço!

  2. Oi, Anna Carla! Estou torcendo por você: “mente quieta… espinha ereta… coração tranquilo”. Gde abraço. E bom final de domingo.

Gostou do que viu? Então compartilhe! Assine por email e dê um joinha na página do Facebook! Sua opinião é muito importante, comente aqui e participe também pelo Twitter. Gratidão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s