Criar meus filhos livres de preconceito: estou fazendo isso certo!

Minha filha está crescendo, são quase oito anos de uma vida esperta e linda. Mas o que me fez notar isso não foram as roupas e calçados ficando pequenos e sim a maneira dela enxergar o mundo.

Pela primeira vez ela está vendo de fato um menino, com um interesse diferente. Na sua fantasia de criança eles vão crescer, se apaixonar, casar e ter filhos. Descobri isso quando encontrei em seu quarto um desenho ilustrando esse desejo secreto. Fiquei feliz mas lamentei o fato de ela JÁ estar crescendo.

Compreendo perfeitamente o interesse dela, o menino é “o cara”, além de bonito e bem educado ele é o mais legal da turma, trata as garotas com respeito e carinho, é inventivo nas brincadeiras, esforçado nos estudos, obediente a professora, enfim um menino de ouro! Eu me apaixonaria por ele fácil se tivesse a idade dela! Mas o que mais me deixa feliz nessa estória toda é que o garoto é negro. Minha filha é uma criança livre de preconceitos, ela aprendeu  direitinho a cartilha que eu ditei e aprendeu a selecionar seus amigos e amores pelo que são na essência, pelo caráter  não pela aparência ou cor da pele.

Anúncios

Gostou do que viu? Então compartilhe! Assine por email e dê um joinha na página do Facebook! Sua opinião é muito importante, comente aqui e participe também pelo Twitter. Gratidão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s