Santos, de outros carnavais

Santos vem nos últimos anos tentando resgatar sua tradição carnavalesca que ficou um pouco deixada de lado no final dos anos 90 e início de 2000.

O retorno dos desfiles das escolas de samba,   destas que passaram anos a fio “migrando” nossos talentosos sambistas e profissionais do carnaval para São Paulo e Rio por falta de espaço, atualmente ocorrem numa passarela de verdade, que diga-se de passagem, será aproveitada ao longo do ano com projetos culturais.

A Carnabanda, que percorre os bairros da cidade aproximando o carnaval da população que pode curtir sem sair de casa! São todas ótimas mas, nada que chegue aos pés da saudosa Banda Mole e do tradicional Banho da  Dorotéia (bloco tradicional onde os homens saíam vestidos de mulher).

O Carnabonde,  que tenta resgatar os carnavais que ocorriam no centro da cidade. Poucos sabem mas no inicio do século passado Santos tinha um dos carnavais mais bonitos do estado! Por sermos uma cidade portuária sabíamos de tradições estrangeiras primeiro. Minha mãe me conta que era lindo de ver os chamados “corsos”  que desfilavam pelas ruas do centro entoando marchinhas pra lá de animadas! Mulheres usando máscaras no estilo vitoriano, melindrosas, pierrots, colombinas… fantasias reflexo de uma cidade portuária antenada no que acontecia no mundo! Uma pena que minha mãe não tem fotos desta época!

Mais recentemente a prefeitura, de olho na “re-carnavalização” de Santos,  implantou as tendas na orla da praia com matinês para as crianças.

Acho tudo isso muito louvável! Contudo, o que me deixou especialmente contente este ano foi o retorno dos bailes nos clubes!

Isto porque na minha infância e adolescência fui muito feliz nos bailes do Clube de Regatas Santista, o saudoso “Azulão”. Um clube que se degradou em vida, devido à dívidas fiscais acabou sendo demolido, lamentavelmente.

Lembro das matinês animadas e super familiares, dos bailes à noite onde se entrava de graça se fosse uma turma com mais de doze pessoas usando fantasia igual, eram as turmas que iam de clube em clube dançando até de manhã!

Temia que esta volta aos clubes não fosse mais ocorrer devido ao desaparecimento deles. Graças a especulação imobiliária e ao pré-sal,  e temendo acabar como o “azulão”, muitos terrenos foram negociados, alguns já abrigam espigões como o Clube XV, Caiçara Clube, Sírio Libanês…Outros poucos tentam sobreviver como é o caso do Internacional de Regatas e o Vasco da Gama que hoje, apesar do terreno diminuído, foi reformado e abriga uma bela sede social onde neste final de semana acontecem bailes e matinês.

Compartilho com vocês um pouco das minhas lembranças de criança em dois momentos 1976 e 1982, ambos no “Azulão”.

carnaval76

                            Clube de Regatas Santista 1976, eu sou a “Carminha” da esquerda.

caranaval82

                              Clube de Regatas Santista, 1982, eu usando uma fantasia de marinheira comprada na finada “Sears”.

Um ótimo carnaval a todos!

Anúncios

Um comentário sobre “Santos, de outros carnavais

  1. Muito legal o seu post
    As fotos são demais
    EU tb adorava o carnaval de Santos, principalmente das bandas
    Pena que ficou tudo tão violento e foi acabando…
    bjoo

Gostou do que viu? Então compartilhe! Assine por email e dê um joinha na página do Facebook! Sua opinião é muito importante, comente aqui e participe também pelo Twitter. Gratidão!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s